Blockchain, Marketing digital e as novas plataformas descentralizadas

O marketing digital é um processo que se divide em outros setores, como o marketing de conteúdo, growth hacking, e-mail marketing, campanhas, gestores de comunidade e assim por diante. Uma das atividades em crescimento, é o analytics, que trata de trabalhar com dados. Lembrando que os dados hoje são a nova moeda.


Essa nova moeda também é conhecida como Big Data, que é um conjunto de dados que envolvem as escolhas dos indivíduos, que permite direcionar as ativdades de marketing para as pessoas certas. Quando o indivíduo expressa sua preferência, pressupondo uma continuidade de sua preferência no tempo, podemos entender qual mensagem será mais efetiva para se entrar ao indivíduo.


Quando se tem a informação do indivíduo, uma propaganda mais adequada é muito certeira, ao comparar com uma inadequada. Veja que uma propaganda de cerveja levada até um abstêmico, é custo sem retorno, dado que não faz parte do ciclo de produtos que o mesmo adquire. Condições como renda mensal, também é um fator importante quando se vai ofertar um produto que exige um alto poder aquisitivo.


Um exemplo é as propagandas que são passadas na televisão, dado que não possuem um filtro tão preciso pela própria limitação da plataforma. Esta questão nos leva um novo mercado, que são as novas plataformas. Os conteúdos onde há interações individuais, que é a natureza da Web 3.0, atualmente são os conteúdos que mais prendem a atenção das pessoas.


Por isso alguns programas de televisão ainda conseguem reter atenção de seu público, ainda mais quando há uma abertura de interação direta. As novas plataformas, geralmente, possuem uma capacidade melhor se adequar e já consideram aspectos da Web 3.0 em seu mecanismo.


Porém, só considerar a estrutura institucional da Web 3.0 não é o suficiente, sem a criatividade, modelos de negócios acabam caindo em desuso. O conteúdo sob demanda, nessa nova onda de Web 3.0, é uma forma de negócio que marca os negócios atuais.


O debate descentralizado desta semana contou com a presença de dois especialistas, Ana Élle - CEO da Agency ROE - The First Crypto Agency in Brazil

Entusiasta de criptomoedas, empreendedora em série de projetos disruptivos e inovadores, Especialista em Web e Marketing Digital e Idealizadora de La Casa de Bitcoin e Lucas Policario - CEO PoliCripto, empresa especializada em Marketing para Tokens e mercado Defi, ex-juiz Leigo TJBA, Advogado especialista em direito Civil, CDC e Digital amante de finanças descentralizadas e criptomoedas.


Ficou interessado? Clique aqui e assista a mais um programa do Debate Descentralizado.